Posts Tagged ‘crise’

amante.

Renée Magritte - "Os Amantes"

As amantes sempre acreditam que podem virar oficiais, é uma regra.

Nunca vi alguém se submeter a desfilar com um homem comprometido por aí sem acreditar piamente que está certa, ou, pelo menos, sem se enganar e achar que é realmente melhor que a oficial. A amante sempre pensa: “coitada, ele prefere a mim”, quando de fato ele não quer estar nem com uma, nem com outra.

E também nunca vi homem abandonar casa por mulher nenhuma. NUNCA VI MESMO. Deve existir por aí, mas é mais raro que encontrar trevo de quatro folhas no meio do matagal. Homens traem, muitas vezes, por pura sacanagem. As mulheres também. Mas a grande maioria se apaixona e é capaz de tudo; pelo simples fato de que encontrou em alguém aquilo que precisava (e não tinha em casa) naquele momento.

Homem também não aceita ser corno. Não percebe que quando isso acontece é culpa de dois, não de um. Mulher é mais complacente. Quantos e quantos casos eu ja escutei em que a mulher perdoou o sujeito para manter a honra da família? Quantas outras sabem que o cara tem outra e fazem vista grossa porque fulano nunca deixou a desejar nem na cama, nem no bolso? Inúmeras. E não posso sequer julgá-las porque nunca vivi uma situação parecida. Aliás, nessa vida, não se deve julgar ninguém. Porque só se sabe daquilo que se vive, quem vive.

Os amantes nunca pensam na humilhação do outro, nunca pensam no sofrimento do outro, nunca pensam em absolutamente nada. Porque se não há comprometimento real, também não há culpa. E tudo gira em torno das emoções, prazeres e da parte boa do que se tem. A parte má fica para os traídos, sempre. Que eu já disse qu também não são santos. Ninguém fere sem porque, mesmo que sejam os porquês mais íntimos que possam existir.

Só tenho a dizer, para amantes e seus traídos, que quanto antes o jogo acabar, melhor.

E que poucas coisas ainda fazem tão bem quanto ser fiel a um amor que se tem.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.