Sonhar faz bem…

 

Hoje, depois de um tempinho sem receber propostas de trabalho, fui chamada para fazer uma entrevista de emprego em uma Assessoria de Imprensa que era fundamental nos tempos em que eu trabalhava no Diário.

Não sei se fui bem ou mal, não sei se gosto ou não de assessorias de imprensa, mas uma coisa que não sai da minha cabeça é o desejo de trabalhar em uma revista, de preferência que lide com o público feminino e fale de assuntos que circulem BEM LONGE do direito, da política e da economia. Odeio esses temas (que ninguém de lá descubra!), e sei, isso é completamente errado e fora do perfil jornalístico que eu deveria ter.

Não sou fútil, mas seria delicioso escrever sobre cremes pra cabelo, moda, dicas de música, filmes do momento, e listas do tipo “100 maneiras para enloquecer seu paquera”…Sabe como é?

A gente tem às vezes sonhos tão esquisitos que não sabe caminhar para eles, e eu, caros leitores, até agora só trabalhei com coisas sérias.

Alguém quer me dar um emprego feliz?

6 responses to this post.

  1. Posted by Paula Lette on 28/09/2008 at 13:54

    Olha, não sei se existe mesmo essa de “empego feliz”, porque o ser humano é assim: inconstante. Ainda mais pessoas como vc e eu, sabe cumé, né? ;]
    Em todo o lugar teremos as agruras do dia-a-dia, por isso tenho tentado pensar em necessidades nesse momento da minha vida. Odeio oq faço, mas tiro um sustentinho, entao, let’s move on. Hehehehe…
    Não funciona pra felicidade plena, mas vai passando os meus dias.
    Boa sorte pra vc e vibrações positivas…sempre.
    Beijo! ;]

    Responder

  2. Posted by Anna on 29/09/2008 at 20:52

    Ai ericka! sei bem do q vc está falando! gosto das mesmas coisas e nao temos q nos envergonhar por isso… nao é futil, as vezes é mais util do q qquer um desses assuntos ‘serios’ q vemos por ai! vá atras do q vc gosta e realize seus sonhos! entra no meu blog! Acho q vc vai gostar! acabei de criá-lo!
    beijosss

    Responder

  3. Ah xuxu, eu naum acho nda errado e nada futil vc qrer trabalhar com assuntos menos “engravatados”, digamos assim… Eu sou um bom exemplo disso… quase fui parar na Globo, e todo mundo me enchia o saco qdo eu falava “Até q foi bom naum ter passado la… eu naum ia ser feliz falando d economia e politica…”. E naum ia msmo!

    Jornalistas têm q ser versáteis, verdade, mas essa versatilidade tb pode servir na hora da gente escolher um assunto q goste mais e mandar ver nele. De q adianta vc tb ficar escrevendo sobre coisas q naum goste, neh… melhor fazer algo q ama com mto mais prazer! E outra, até msm qdo vc escreve sobre coisas q gosta vc fica meio d saco cheio… trust me… é bom poder variar os assuntos, escrever sobre uma coisa séria hje e, amanha, falar sobre algo totalmente futil…

    Acho q vc tem sempre q correr atras da sua felicidade, msm q isso signifique q vc tenha q passar por alguns perrengues…

    Bjooosss guapa!

    Responder

  4. Meu, eu NECESSITO dizer q continuo super amando esse macaco! hahaha

    Responder

  5. Hahahaa é igual ao meu sonho de ser degustadora em revista de culinária!!!

    Responder

  6. Posted by Bianca Hayashi on 03/10/2008 at 00:28

    Eu fiz uma entrevista em um site que falava dessas coisas, mas não passei por estar no último ano. Todo mundo tem um lado mais “fútil” e não é vergonha alguma assumir que gosta de escrever para um determinado tipo de público.

    Acho que todos os trabalhos têm algo de positivo e de negativo. A gente decide qual lado vai pender e como vai agir. Acredito que você fez uma ótima (e muito corajosa) escolha saindo de um emprego que não te deixava feliz. Tirando os casos extremos, a maioria das pessoas só continua no emprego porque “precisa do dinheiro”. De boa, isso é mentira. O real mesmo é que as pessoas têm medo de sair da zona de conforto.

    Nem que seja uma mudada no visual, uma cortada básica no cabelo. Continuam as mesmas ano após ano.

    E tenho que concordar com a Giu, que mesmo escrever sobre o que a gente gosta cansa depois de um tempo. Escrevi sobre isso no comentário de outro blog, a obrigação tira muito do prazer de escrever. Talvez seja por isso que temos tantos jornalistas em crise na sala.

    Já arrumei o link do seu blog no meu e espero ver muitos posts aqui, hein! E, se precisar de ajuda com o WordPress, estou a postos! =)

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: