O partidão

Fui ver um filme com o George Clooney que eu não faço a menor idéia do nome. Na realidade, o assunto desse post não tem nada a ver com a história do filme em si;  é que domingos à noite já são naturalmente reflexivos na minha vida e domingos à noite com um filme um tanto quanto dramático…Piores ainda.

Minha especialidade, eu acho, é falar sobre relacionamentos. Sempre fico me perguntando quando temos a certeza de que amamos alguém de fato, qual é o momento de casar, ter filhos, passar por todos os perrengues de ter uma família e também por todas as alegrias – das quais eu tenho a convicção que são insubstituíveis. Quem acompanha meu blog cansa de ler que certezas são algo na vida que nunca temos de fato, mas acredito que um dos sinais que nos faz pensar que encontramos o amor de nossas vidas é a admiração mútua. E também o quanto aquela pessoa muda pra melhor a sua vida de um jeito extraordinário.

Não sei se é porque estou na casa dos 22 quase 23 anos, mas ando com um desejo enorme de constituir coisas, ter mais solidez no emprego, ser mais segura de mim, construir certezas, sabe? Acreditava que esse fosse um desejo generalizado, mas não é. Conheço gente que não quer ter filhos, nem família e que acharia super bacana viajar e viajar sem ter um local fixo pra viver… Uma vida meio incerta. Definitivamente não é meu caso.

Quero casar com alguém que se interesse pela minha vida. Que saiba me escutar, rir e chorar comigo, me dar uma opinião sincera quando eu precisar e que eu seja capaz de fazer o mesmo por ela, não porque eu tenha as respostas certas sobre todas as coisas, mas porque eu tenho relevância em sua vida. Porque a minha opinião, meu apoio, meu suporte… Fazem diferença. Ou nas palavras de um amigo:

Você é humana, demasiadamente humana… E mais importante: você é sincera. E tão sincera, entende tão bem o ser humano, e gosta e se dedica tanto à pessoa do seu lado, que você deseja que, no fundo, no fundo, ela faça o que na verdade você faria no lugar dela…”

Tô errada?

One response to this post.

  1. Posted by Galdiano on 01/02/2010 at 14:05

    sou obrigado a concordar.. uma vez me disseram a mesma cooisa..

    sei lá elka.. isso tudo é relativo ;/

    ainda acredito que as melhores coisas da vida acontecem sem vc esperar ou nem sonhar com aquilo.. maas, é crença individual e záz..

    rlx.. vc vai ser feliz =P
    hahah ;*

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: