novinho.

As conversas da minha turma, além de serem sempre aos berros e com muitas risadas, me fazem refletir muito sobre as fases da minha vida. Talvez seja pelo fato de que nós, como poucas pessoas desse mundo, estivemos sempre presentes nas fases da vida um do outro, o que nos dá uma liberdade maior de falar (e tirar sarro) de tudo. Como numa terapia de grupo cada uma fala um pouco sobre como as coisas andam; a gente relembra o passado, planeja o futuro e, principalmente, recebe conselhos. Sendo as palavras agradáveis, ou não.

Foi aí, quando planejávamos os casamentos de 2014 em diante, que uma amiga contou que estava apaixonada por um menino 5 anos mais novo que ela. Menino MESMO. Ela, Médica formada, aos 23 anos, namorando um calouro. Que tem aí, no mínimo, 5 anos de estudos pela frente. Que acabou de sair do ensino médio. Que acabou de tirar carta de motorista. Que acabou de começar a TENTAR entender o que e vida adulta.

Uns mandaram ela levar adiante o relacionamento na brincadeira mesmo, ir até onde der. O grande problema de crescer é que chega uma hora que as coisas já não são mais assim, tão leves. Perguntamos sobre o que ela vai fazer quando ele for para os jogos da medicina e ela tiver que dar plantão, quando ele tiver férias escolares e ela estiver clinicando em uma outra cidade. Perguntamos sobre as festas, sobre os salários, sobre os destinos, sobre filhos, sobre planos, calculamos a idade que ela terá quando ele estiver onde hoje ela está e chegamos a triste conclusão que por maior que seja o sentimento (e as boas intenções do moço) uma hora esses 5 anos vão pesar de alguma forma. E dissemos isso porque eles já estão pesando discretamente, na cabeça, na vida e no coração dela,  mas ela preferiu deixar isso pra lá.

Ela não diz ao pai que namora, não apresentou-o, ainda, aos amigos. Quando ela fizer isso, as coisas terão sabor de verdade e ela estará, de fato, com alguém que ainda tem muitas coisas para viver e que certamente não deixará todas elas sem um pouquinho de sofrimento.

Sou prova e testemunha de que o amor não tem idade. Pelo menos em alguns momentos da vida. Mas não podemos dizer que no auge da juventude isso não faz diferença.

Assim como aos 13 não temos as mesma responsabilidades que aos 18 ( nem as mesmas vontades), dos 18 para os 23 a coisa também é diferente. E na faculdade. E no trabalho. E na vida toda.

Funcionamos em estágios, como o video-game. Há coisas que podemos pular, mas, infelizmente, precisamos estar vivos ao final de algumas fases para chegar até o chefão. Se usarmos códigos para burlar esse esquema estaremos lá, mas, certamente, não do mesmo jeito. Não com o mesmo preparo. Não sem abrir mão de algumas coisinhas aqui e ali.

E ainda assim, amiga, te desejo toda a sorte desse mundo porque eu sei (e sinto) o quanto você está feliz.

3 responses to this post.

  1. Posted by thaiza on 30/12/2010 at 02:34

    a Globo está perdendo uma puta jornalista…
    tú é sensacional!

    Responder

  2. Posted by Aline on 02/01/2011 at 15:06

    Miga, idade é uma coisa que eu nem gosto de falar… Já passei por esse martírio de gostar de alguém muito mais novo, tipo uns 7 anos mais novo que eu… Diferente da sua amiga, preferi não levar adiante, justamente pq percebi que muitas coisas pesariam, e que talvez eu não estivesse pronta p/ isso… Mas, se ela conseguir ir adiante, espero que dê tudo certo!! Bjooo!!!

    Responder

  3. Posted by gald on 06/01/2011 at 14:51

    Diferença de idade é tenso mesmo..
    Realidades muito diferentes só são superadas com MUITO amor. Se não tiver MUITO amor, nem adianta levar o relacionamento a sério. Não vai dar certo mesmo.
    Eu imagino que seja assim. Há uma determinada época da vida que a maioria das mulheres mais velhas sentem um medo de o amor da vida delas conhecer alguém mais novo. Se o cara já é muito mais novo, o circulo social dele já tem muitas mulheres mais novas. É complicado superar esses medos e só com confiança, sinceridade e MUITO amor é que se pode conseguir isso.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: