direta e reta.

Tenho um amigo chato que eu amo muito.

Vocês sabem que os amigos são os nossos chatos preferidos, não é? Então. Mas esse aí estava me tirando mesmo do sério, me enchendo os pacová.

Eu, geminiana que sou, sofri calada, levei a sério cada palavra, me magoeei, fiquei feridona e decidi, por fim, desencanar. Porque é assim que uma pessoa em sã consciencia deve proceder.

“Porque você não escreve sobre coisas boas? Sobre coisas bonitas? Sobre arco-íris, sobre mar aberto, sobre algo que faça rir e que não seja problemático? Está tudo bem com você? Saia dessa vibe baixo astral. Tira esse exu da coisa ruim…”

ENFIM.

Não foram exatamente essas as palavras dele, mas ele pediu, basicamente, pra eu mudar a temática desse blog totalmente fossa-deprê-relacionamentos-e-sentimentos-à-flor-da-pele pra falar de coisa boa. PRA FALAR DE TECPIX E COGUMELO DO SOL. Olha, sinceramente…

Fiquei raivosa, deletei todos os comentários do Facebook que ele fez (vai lá ver, deletei mesmo), mas parei pra pensar sobre o que ele disse e GENTE, FATÃO: eu sou sempre bem humorada (ou quase sempre.)

Então porque diabos gosto de escrever sobre as tragicidades do amor à dois, à três ou a quantas pessoas estiverem no balaio? Sobre cornos, sobre mulheres psicóticas, sobre tantas coisas dolorosas?

Porque elas são de verdade.

Porque as pessoas, caro povo brasileiro, não são um trio elétrico do Chiclete com Banana em Salvador 24 horas por dia. Nem 2 horas por dia, se você viver em São Paulo, trabalhar e pegar metrô. Claro que são felizes, todo mundo é um pouco feliz, pelo menos. Mas tem seus podres, suas feridas. E poucas, MUITO POUCAS, tem a capacidade de falar sobre isso. E quando falam, é porque querem melhorar. E quando querem melhorar, na grande maioria das vezes, me procuram. Porque talvez eu passe essa imagem Chicleteira por aí, mas vocês que lêem o blog já sabem dos meus dramas, né? POIS É.

GENTE, EU TÔ ÓTIMA. Não traí meu namorado, não quero me matar, estou feliz com o meu bofinho que continua lindo e japonês, viu? Mandou beijos, inclusive.

Escrevo sobre coisas que não fazem rir, na maioria dos casos, porque esse não e meu objetivo. Ser palhaça é fácil e quem ri o tempo todo esconde seus problemas. Eu quero é, com as palavras, fazer sentir.

Nem que seja raiva ou pena de mim. Nem que seja pra dizer que meus textos são UÓ da depressão. OKAY? Porque é isso que optei por fazer.

Fui clara?

5 responses to this post.

  1. já cansei d t fala isso nega, mas c vc faz por opção, é melhor q vc faze por realidade neh?😀

    Responder

  2. Posted by Melzer on 16/01/2011 at 01:09

    Só pra dizer que eu adoro as coisas que você escreve. Vemos que o que foi escrito é humano, baseado em pessoas reais, o que faz com que eu goste mais ainda. É possível se identificar, saber que não somos só nós que piramos em alguns momentos e também faz com que olhemos para os nossos umbigos. Ok, falei demais.
    =*** xuxu! Saudades enormes de vc!
    See ya!

    Responder

  3. Posted by Ana on 16/01/2011 at 14:38

    Oi, menina hipervitaminada!
    Obrigada pela sua visita ao meu blog e pelo elogio! Nossa, fiquei super contente! ahahaha
    Na foto estou maquiada, ne!
    Obrigada pelo apoio, acompanharei seu blog!😉

    Responder

  4. Posted by Matita on 19/01/2011 at 21:37

    Meu eu li o comentário dele no seu face e me revoltei!! To arrependida de não ter me metido no meio. Amo o que vc escreve pq muitas vezes me identifico com as histórias e não me considero nenhum pouco triste ou deprimida por ter problemas, dúvidas e às vezes trocar os pés pelas mãos. Sou humana. E é sobre pessoas de carne e osso que vc escreve maravilhosamente bem!

    Responder

  5. Posted by bruna kaynara on 21/02/2011 at 03:45

    É fato que na maioria das vezes você escreve sobre situações complicadas da vida.. Sei que você não é uma pessoa nem um pouco depressiva, talvez teus textos façam de você uma pessoa mais alegre. Pessoas introvertidas sofrem mais do que as extrovertidas; escrever expondo sentimentos e pensamentos as vezes possa ser o que não faz de você uma pessoa triste!😉
    não sei se me fiz entender, tentei..
    beeijos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: