até o fim.

Se um dia o outro tiver a coragem de declarar num relacionamento que o amor acabou, páre de insistir. Não existe nada mais triste do que amar sozinho. Falo isso porque o fim de um romance não acontece assim, de imediato, há toda uma sequêmcia de sinais. Podem dizer que nós mulheres somos todas umas neuróticas, mas também somos bastante sensíveis ao que nos acontece. A gente sempre sabe quando algo não está bem, mas talvez por autodefesa, pra não doer mesmo, deixa pra lá.

De primeiro há um desinteresse súbito. Vocês não passam mais nenhum tempo sozinhos, não dão quase mais nenhum beijo na boca, o sexo fica esporádico e previsível. Quase não combinam de se encontrar e levam vidas cada dia mais independentes, ele com a turma do trabalho, você com as amigas de escola. Ele não te liga, não reclama da saia curta e da maquiagem que sempre reclamou, não elogia o vestido que antes chamava atenção. Na hora de dormir, não deseja boa noite, não se acomoda mais juntinho na cama mesmo num calor de 40 graus. Aliás, essa pra mim é uma das maiores evidências do amor verdadeiro: se aninhar em pleno verão.

Aí vem a segunda fase. Ele esconde o celular, muda a senha do e-mail, nunca abre o MSN. Mesmo que nada tenha sido concretizado ele tem lá, uma lista  mental (e física) de possíveis pretendentes e como tudo não anda lá essas coisas, ele evita gerar discussões. Porque se a Camila, a Priscila, a Kátia ou a Jennifer mandarem um SMS ele vai ter que se explicar. E daí, talvez admitir, que anda achando a vida fora do relacionamento muito mais interessante, que eles já não conversam mais nada de útil, que ela já não faz mais ele rir. Nesse ponto as coisas já terminaram faz muito, muito tempo. Há quem perceba e tente voltar atrás.  Mas, geralmente, elas dão um chilique. Um chilique dos bravos. Reclamam, cobram, exigem uma nova postura. Eles, ignoram. Não existe mais nova postura sem existir amor. Mas é difícil admitir para com quem viveu e planejou tanta coisa que nada mais vai dar certo, que não tem mais como continuar. Daí, quando falta coragem, a situação é levada com a barriga. Pode ser que haja traições, derramemento de sangue, crime passional e muitas, muitas lágrimas. É exatamente desse jeito que um amor termina e todo mundo sabe.

Só gostaria de dizer que, desde o início do fim, para que as coisas não acabem tão terríveis, alguém deve tomar a inciativa de manter alguma paixão acesa. Que mude, aja, converse enquanto é tempo, enquanto ainda há respeito e vontade para sermos ouvidos. Que ouse tentar. Se não, se as coisas caminharem para o mal, é melhor abrir mão. Termine você o relacionamento, seja você o primeiro a dizer que está infeliz.  Essa atitude vai ser tão intrigante para o outro que, na maioria dos casos, o dispensado faz de tudo para ter tudo que tinha, de volta. Para reconquistar. Reconhece erros, descasos, fracassos, tenta mudar. E, finalmente, se houver uma pontinha de amor, vai lutar para reavê-lo. Nós gostamos de quem sabe que é um partidão e que confia tanto, mas tanto em si que prefere ser sozinho a ser a opção mais fácil para o outro, pode reparar.

A cabeça dos seres humanos é realmente muito complicada.

13 responses to this post.

  1. Posted by GUi...LosT on 03/04/2011 at 14:00

    O fim é inevitável, seja por falta de interesse ou por briga, indiferem os motivos… basta preparar a mente para não ser o prejudicado. Se acabou de vez, melhor deixar de lado.

    Responder

  2. Xiiii
    Esse assunto rende posts até o fim da vida! O que não falta é gente acomodada em relacionamento. Eu mesma já caí nessa furada. Manter a “chama” acesa é um trabalho de formiguinha, tem que ser sempre e todo dia.

    E se vc tá se esforçando e a contrapartida não acontece ? Sai fora enquanto existe respeito !
    Não vou dar receita de felicidade nos seus comments até pq cada casal tem características que os fazem únicos. O que funciona pra mim pode não funcionar pra vc e vice-versa. O que posso dizer é: dê amor e respeito. Costuma ser um bom começo.

    Bjs

    Responder

  3. Posted by Carlinha on 03/04/2011 at 14:23

    Eeeeee q bunito Él!
    Mas acredito q as mulheres tem uma tendência d achar q ainda pode dar certo..rs

    mas no final.. o q eh pra ser.. será! rs

    bjooo

    Responder

  4. Muito bom o texto!
    Bem verdade esses fatos! E realmente é muito melhor você logo dizer que está infeliz do que ficar demonstrando de outras formas esperando que a pessoa perceba, só desgasta mais!
    Tava no encontrinho de sábado, e apesar do meu blog ser de moda e etc. também adoro ler blogs de reflexões, textos, desabafos, tenho outro também assim! http://dirtyxboots.blogspot.com

    Beijos

    Responder

  5. Amigaaaaaaaa amei as fotos lá em baixo, foi D+.ceis são incriveis.
    hj posto as minhas fotinhas.
    bjk

    Responder

  6. Muitos relacionamentos são formados por pessoas acomodadas. As vezes lutamos tanto para conquistar alguém e quando conseguimos tê-lo/la ao nosso lado, achamos que foi o bastante e ponto. Acredito que o amor é sinonimo de zelo, de cuidado DIÁRIO. Devemos ter consciencia de fazer a nossa parte para que este sentimento seja sempre renovado e n caia no comodismo. Mas, isso deve ser feito por ambas as partes. Como vc emsma falou, n existe nada mais triste do que amar sozinho.

    Adorei mais este texto, minha flor.

    Tenha uma ótima semana =D

    Comentei no post de baixo tb😉

    Te espero lá no blog!!!!

    http://www.nicellealmeida.blogspot.com

    Responder

  7. Põe complicada mesmo! Seria muito mais simples se as mulheres realmente tomassem a iniciativa, se impusessem mais para que os homens percebam o que realmente sentimos e dêem um pouco mais de valor!
    Adorei o seu blog, seus textos… Passei um tempão lendo posts antigos!
    Obrigada pela visita, virei aqui mais vezes!
    Beijo!

    Responder

  8. Adorei o modo como você escreve, como traduz em palavras a mais pura realidade.
    E realmente, a cabeça dos seres humanos é complicação que não acaba mais.
    :*

    Responder

  9. Posted by Carol on 04/04/2011 at 22:34

    Aí… é complicado demais entender e aceitar,
    mas se acabou, acabou.

    Responder

  10. Adorei o texto.
    ótimas palavras.

    Eu concordo acho que se não tá legal tem que conversar mesmo, antes que seja tarde. A pior falha que podemos comenter em um relacionamento é não ter dialogo, n ser amigo do companheiro.

    http://www.guiamodamulher.com/

    Responder

  11. Amigaaaaaa nem passou lá no blog, to esperando sua visitinha.Bora pensar no proximo encontro pra daqui a 2 meses?Bora fazer tipo as cariocas padoca e mimos.Adoroooooooooooo
    bjk =D

    Responder

  12. Flor, eu li esse texto umas duas vezes!
    É bem parecido o que eu tô passando =\

    Beijos.
    http://www.consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    Responder

  13. quando acaba dói né? dói demais. acho que o importante é fazer o possível, sem muito capacho nem muito inflexível.
    pra tudo tem solução🙂

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: